Fotografia Pet: tudo sobre a tendência que está crescendo no mercado de fotografia

fotografia pet

A fotografia pet é uma forma muito especial de guardar momentos adoráveis e expressivos dos bichinhos de estimação. Se você é amante de animais e também de fotografia, o nicho de fotografia pet pode ser uma ótima opção para você. 

Neste artigo, eu quero te dar algumas dicas e conselhos muito úteis para se tornar um fotógrafo de animais. Por aqui, você vai aprender como fotografar pets e ver algumas ideias criativas para sessões fotográficas de animais, que ajudarão você a criar imagens lindas e ganhar reconhecimento pelo seu trabalho. 

Por fim, abordaremos como você pode transformar sua paixão pela fotografia pet em uma fonte de renda, para ganhar dinheiro e viver da sua fotografia de animais. Se você está pronto para aprender e apostar no mundo da fotografia pet, este artigo é para você.

O que é Fotografia Pet?

A fotografia pet, ou fotografia animal, é um nicho da fotografia profissional especializado em capturar fotos de animais de estimação. Se você tem paixão pelos animais e também ama fotografia, essa combinação é perfeita para você!

Agora, vamos encarar um desafio único na fotografia pet: trabalhar com modelos que não entendem instruções. Mas, com paciência e técnica, é possível criar imagens incríveis! Capturar a essência do animalzinho exige uma conexão especial e uma boa habilidade para antecipar seus movimentos e expressões.

Com habilidades técnicas e uma abordagem paciente, você vai conseguir capturar momentos únicos e criar memórias duradouras dos animaizinhos. Maravilhoso, né?

Como se tornar fotógrafo de animais?

Para escolher a fotografia pet como seu nicho, primeiramente, é indispensável que você seja um amante de animais. O amor pelos bichinhos é o primeiro passo se você quer ser fotógrafo de animais. Isso porque é necessário bastante dedicação e paciência para atender os pets.

Você precisa estar à vontade em lidar com os bichinhos e entender que situações inesperadas estão muito mais propensas a acontecer. Afinal, cada animal reage de uma forma e eles também podem sentir medo, estresse e ficarem agitados.

Seus clientes provavelmente vão dar lambidas, latidos, pulos e fazer brincadeiras, então seja paciente. Quer um trabalho mais divertido que esse?

Além de paciência, também invista em aprender técnicas de adestramento. Até porque são grandes as chances do animal se sentir desconfortável com a situação, o ambiente ou os equipamentos. Então, cabe a você conseguir controlar e guiar os bichinhos. 

E isso não foge tanto do seu controle. Assim como é com os humanos, você também consegue transmitir confiança e criar conexão, só precisa saber como fazer. Então, esse é um outro passo importante para iniciar nesse nicho: estude sobre o comportamento dos animais e como dominar isso. 

Quanto aos equipamentos, não existe nada de tão diferente em comparação a qualquer outro nicho da fotografia. Logo, se você tem câmera, lente, bateria, cartão SD e outros tipos de acessório, pode começar sem medo.

No mais, que também é sempre importante para qualquer nicho em que você atue, invista em cursos de fotografia e workshops específicos que vão te dar base de conhecimento técnico e prático para atuar!

Como fotografar pet? Veja dicas

Confira agora 3 dicas para a fotografia pet:

família com bebê no colo e cachorro olhando par ao bebê

1. Seja pet friendly

Uma dica incrível para você que é do nicho de fotografia pet é: aproveite muito os ambientes pet friendly! Atualmente, cada vez mais lugares estão abrindo as portas para os bichinhos. Isso é uma oportunidade ótima de juntar o útil ao agradável para os fotógrafos que estão começando no nicho de fotografia pet.

Ao explorar esses espaços, você terá mais opções de cenários para fazer fotos dos animais e seus donos, além dos ensaios internos. Hoje em dia, já existem parques, cafés e áreas ao ar livre que acolhem a presença de pets. Dessa forma, você vai poder criar muito mais composições com sua fotografia.

O ambiente pet friendly proporciona uma atmosfera descontraída e relaxada pros animais, permitindo que eles se sintam à vontade onde estão. Por isso, é uma excelente oportunidade para capturar expressões genuínas e momentos divertidos.

No entanto, é importante estar sempre ciente das regras de cada local ao fotografar em espaços pet friendly. Esteja preparado para a necessidade de respeitá-las e adaptar suas técnicas às restrições do ambiente.

2. Invista na divulgação

Investir na divulgação é essencial para qualquer nicho, principalmente para a fotografia pet. Afinal, você pode ser um ótimo fotógrafo, mas se as pessoas não souberem que você está oferecendo serviços de fotografia pet, como vão contratá-lo?

Então, como você pode divulgar seu trabalho de fotografia pet e atrair a atenção dos amantes de animais? Primeiro, comece criando uma presença online. Você pode criar um site para exibir seu portfólio, compartilhar informações sobre seus serviços e indicar sua forma de contato. 

Utilize também as redes sociais, em especial o Instagram, para compartilhar suas fotos de trabalho, ter um contato mais direto com seus possíveis clientes e criar conexão com seu público-alvo.

Além disso, aproveite para fazer parcerias estratégicas que beneficiem seu trabalho. Então, seja inteligente ao escolher parceiros que, com certeza, atingirão seu público-alvo e atrairão para seu trabalho a atenção de possíveis clientes. 

Minha dica é que você entre em contato com clínicas veterinárias, pet shops e abrigos de animais locais. Proponha colaborações ou até mesmo doações de parte da renda para uma causa animal. Além de aumentar sua visibilidade, isso também vai mostrar que você é realmente amigo dos animais.

Para quem trabalha com a fotografia pet, uma ótima forma de fazer contatos na área é participar de eventos relacionados a animais, como feiras de adoção, competições caninas e eventos de ONGs.

3. Ative o modo negócio

Para quem está iniciando na fotografia pet, é fundamental entender que para ter sucesso não basta apenas as habilidades técnicas e amor pelos animais. Dominar o modo negócio, ou seja, a capacidade de gerir e administrar sua empresa, é essencial para garantir o seu crescimento.

Ao ter sua própria empresa de fotografia, você se depara com diversos desafios. Então, é importante compreender aspectos como:

Primeiramente, é crucial definir um valor justo para aquilo que você oferece e para o trabalho que faz. Portanto, ao definir os valores do seu trabalho, é importante considerar os custos envolvidos. Assim, você poderá oferecer um preço que cubra seus custos, pague pelo seu trabalho e atraia clientes que sabem que seu valor é justo, garantindo a sustentabilidade do seu negócio.

Além disso, investir em estratégias de marketing é essencial para promover o reconhecimento do seu trabalho. Você pode utilizar sites, redes sociais e parcerias estratégicas para alcançar seu público-alvo. Dessa forma, você poderá atrair mais clientes e aumentar sua visibilidade no mercado.

A gestão financeira também é indispensável para quem se propõe a ter o próprio negócio. É importante acompanhar seus gastos, controlar o fluxo de caixa e fazer investimentos inteligentes. 

Por fim, o relacionamento com os clientes é um dos aspectos mais importantes. Fornecer um excelente atendimento, ser profissional e cuidadoso em todas as etapas e estabelecer uma conexão com os donos dos animais irá criar uma base de clientes fiéis e gerar muitas indicações para você. 

Ideias para sessão fotográfica de pets

fotografia pet

Quando se trata de fotografia pet, explorar ideias criativas para as sessões fotográficas pode te diferenciar muito no mercado.

Pense em sessões temáticas, onde você pode usar acessórios e cenários que combinem com a personalidade do animal de estimação ou com o desejo do dono. Porém, preste sempre atenção para conferir se o pet está confortável e seguro durante toda a sessão. Isso é fundamental!

Outra ideia é fotografar o animal de estimação em ambientes mais naturais. Fotografar os momentos espontâneos enquanto ele brinca dentro de casa, pula na água ou corre pela praia, por exemplo, podem dar resultados lindos.

Que tal incluir a família nas fotos também? Assim, você registra momentos de conexão e afeto entre os donos e os animais que, com certeza, serão as fotos favoritas do ensaio!

Além disso, explorar diferentes ângulos e perspectivas em suas fotos. Por exemplo, tente fotografar em close-ups mostrando as expressões dos animais ou em composições mais amplas que destaquem a paisagem em volta.

Assim, ao explorar ideias criativas para sessões fotográficas de ensaio pet, além de estar criando memórias dos animaizinhos para seus donos, você entrega mais do que a expectativa para seus clientes. Surpreenda!

Como ganhar dinheiro com fotos de animais?

Tudo que te aconselhei a fazer durante esse artigo, é a base necessária para fazer dinheiro e sucesso na fotografia pet.

Mas, se você ainda está perdido sem saber por onde começar ou o que fazer para dominar o modo negócio na sua fotografia, eu te convido a entrar agora na lista de espera para a próxima turma do Fotografia Como Negócio.

Lá, você aprende como organizar seu financeiro, precificar, apresentar seu trabalho, divulgar dentro e fora das redes sociais, criar uma experiência maravilhosa do início ao fim para seus clientes, fazer parcerias estratégicas, e tudo mais que é preciso para ter um negócio de sucesso.

A Fernanda Cerioni, que é aluna do curso e fotógrafa no nicho pet, viveu inúmeras conquistas graças ao que aprendeu sobre o modo negócio.

Ela começou na carreira aplicando uma das dicas que eu dei aqui no artigo sobre parcerias, fazendo fotos para ONG’s para ajudar na adoção dos bichinhos.

Com o crescimento da sua empresa, ela resolveu mais tarde criar um projeto social em formato de campanha fotográfica para sua empresa, onde os valores simbólicos cobrados pelas sessões dos pets, seria convertido em ração para instituições de adoção animal.

Com as aulas especiais sobre campanha do FCN, o resultado não poderia ser outro: foi um sucesso para ela, para os donos que tiveram a oportunidade de fotografar seus bichinhos e para os animaizinhos das ONG’s que receberam esse carinho.

Então, se você está iniciando agora na fotografia pet e quer começar do jeito certo, clique aqui agora e se inscreva na lista de espera do Fotografia Como Negócio.

Compartilhe

Deixe seu comentário

QUER CLIENTES TODOS OS MESES NA SUA FOTOGRAFIA?
INSCREVA-SE PARA RECEBER MINHA AJUDA: