10 passos para se tornar fotógrafo em 2021

Como se tornar fotógrafo em 2021

Hoje você vai saber como se tornar fotógrafo em 2021 e quais são os 10 passos necessários para isso!

Tudo o que eu queria no meu começo na fotografia era alguém me falando de uma forma minimamente organizada o que eu precisava fazer e por onde começar na fotografia. 

Então, se você está sonhando em viver de fotografia e quer começar, mas não sabe quando e nem por onde, continua acompanhando aqui para pegar dicas relevantes e valiosas. 

Como se tornar fotógrafo em 2021? 

Para você que ainda não me conhece, eu sou Isis Castro, criadora do Coisa de Fotógrafa e tem 9 anos que eu passei exatamente pelo que você está passando nesse início na fotografia.

Eu sei como é… 

Ansiedade misturada com animação, dúvidas, medo de errar e de dar os primeiros passos. 

É por isso que eu estou aqui e quero poder te ajudar de alguma forma!

Eu sei que são muitas coisas para estudar e testar. 

Por isso, dificilmente a gente sabe se estamos indo no caminho certo, priorizando o que é realmente importante para alcançar resultados.

Então, vamos organizar esses primeiros passos! 

Só assim a gente pode deixar essa afobação de lado e ter clareza para colocar tudo em prática. 

Por isso, eu vou te passar aqui embaixo o passo a passo que eu acredito ser o ideal para esse início:

1. Estudar os conceitos básicos da fotografia

O primeiro passo é sem dúvidas estudar os conceitos básicos da fotografia: luz, ISO, diafragma, velocidade, obturador, etc. 

É muito importante que você entenda sobre o funcionamento da câmera, sobre composição e luz para que você realmente domine a fotografia.

2. Estudar os equipamentos fotográficos

O segundo passo é estudar sobre os equipamentos: entender sobre as câmeras (DSLR, mirrorless), tipos de lente (Macro, grande angular, etc.), saber o que é um sensor cropado ou full-frame, dentre outras informações cruciais para dominar os equipamentos.

Com isso, você vai ter mais clareza nas suas compras e a chance de fazer escolhas erradas diminui consideravelmente.

3. Entender sobre as possibilidades na fotografia

O terceiro passo é entender sobre as possibilidades na fotografia.

Quais são as áreas que você quer e pode trabalhar? Você já sabe como é a rotina de um fotógrafo? Quais são as atribuições além de “clicar no botão”? Hahaha

A fotografia é um negócio!

Se você quer trabalhar com isso, ganhar dinheiro e ser reconhecido no mercado, é importante já entender desde o início que não basta tirar fotos bonitas.

É preciso cuidar do atendimento, agenda, compromisso, entregas, prazos, questões burocráticas, contratos, etc.

Então, busque entender as possibilidades: com o que você pode trabalhar, quem você vai atender, que tipo de rotina você vai ter…

Por exemplo, quem trabalha com eventos tem uma rotina diferente de quem trabalha com sessões agendadas ou partos. 

4. Comprar o equipamento

O quarto passo eu não tinha colocado nessa lista, mas lembrei o quanto ele é crucial: comprar o seu equipamento!

Talvez você esteja lendo esse artigo e já tenha comprado o seu equipamento.

Mas… se você ainda estiver planejando e não tiver o seu equipamento, eu acho que esse passo entra aqui.

Afinal, você já vai entender sobre as configurações, lentes, câmeras, qual área quer trabalhar, etc.

Por exemplo, quando você vai comprar os equipamentos, você entende que não é qualquer lente e qualquer câmera que você precisa ter ou então que você tem que ter tudo. 

Existem coisas que funcionam melhor para a área que você quer trabalhar. Então, se planeje e faça muitas pesquisas.

Dessa forma, a tendência é que você acerte mais, né?!

Você pode nunca ter visto uma câmera na sua frente e nunca ter mexido em uma, mas se você observa pessoas que trabalham na área que você quer trabalhar, se assiste vídeos que te dão orientação de qual câmera/lente comprar, você tende a acertar as suas compras e evita gastar dinheiro à toa.

É claro que se você comprou o equipamento errado, não tem problema algum em vendê-lo depois e testar para outras coisas.

5. Testar nichos diferentes

Como se tornar fotógrafo em 2021

O quinto passo para começar com o pé direito na fotografia é testar alguns nichos diferentes.

Eu fiz muito isso no meu começo na fotografia.

Eu achava que eu queria fotografar tudo!

Com o tempo, eu fui identificando os meus nichos de interesse e comecei a notar o que eu realmente gostava de fotografar.

No meu caso, eu jurava de pé que nunca ia trabalhar com criança.

Agora eu estou aqui: fotógrafa de família já faz 9 anos! Hahaha

Eu achava que eu queria trabalhar com moda.

Mas foi a prática, a vivência e os testes que foram me mostrando o que eu realmente mais gostava.

Mesmo que você goste de fotografar muitas áreas diferentes, é muito provável que você tenha um nicho mais forte, que toca mais o seu coração e que mais vai te empolgar, além de fazer mais sentido financeiramente para sua vida.

6. Montar o portfólio de forma intencional

O sexto passo é: montar o seu portfólio de forma intencional!

Depois dos seus primeiros testes fazendo um pouco de tudo, o segredo é observar o que você mais gostou de fotografar, o que você ficou mais empolgado para editar quando chegasse em casa e o que você mais quer continuar.

Com isso, você vai ter uma noção maior do que realmente quer seguir e vai poder convidar pessoas para fazer portfólio de forma mais intencional.

Ou seja, chamar pessoas que realmente tem ligação com o nicho que você quer atuar. 

7. Definir e começar a sua divulgação

Com o portfólio feito, essas serão as suas primeiras fotos divulgadas!

É aqui que começa o planejamento de divulgação do seu trabalho.

Muitos me perguntam qual o momento ideal para começar. 

Pra mim, esse aqui é o momento!

Aqui você já tem as suas primeiras fotos de trabalho para divulgar, mesmo que seja postando dia sim/dia não ou algumas vezes durante a semana.

Você precisa continuar produzindo portfólio e buscar novas pessoas. 

É preciso começar a se valorizar e se posicionar como fotógrafo!

Nada de falar que está começando agora e que está fazendo fotos de graça, viu?!

Ao invés disso, se posicione, fale sobre você, como você começou na fotografia, a sua história…

Assim novas pessoas vão se interessar pelo seu trabalho e vão te contratar!

Quando tiver mais fotos, você pode partir para a criação do seu site.

8. Preparar a forma de atendimento

O oitavo passo é preparar a sua forma de atendimento.

Como você já vai ter divulgado, o interesse das pessoas começa a surgir e você precisa estar preparado para responder os pedidos de orçamento.

Não fique em pânico! É importante que você já tenha tudo isso planejado: quantas fotos são? Como vão funcionar os pacotes? Quais os valores? Qual o prazo de entrega?

A minha sugestão é que você utilize o WhatsApp Business e tenha um email de trabalho para ter mais profissionalismo e facilitar essa comunicação.

9. Trabalhar com Marketing de conteúdo

O próximo passo para se tornar fotógrafo em 2021 é trabalhar com Marketing de conteúdo.

Esse é um assunto que eu falo muito no YouTube e lá no Instagram do Coisa de Fotógrafa.

Você precisa saber da importância de não só postar fotos bonitas, mas também conseguir se conectar com os clientes, contar histórias, tirar as dúvidas e criar uma conexão forte com eles. 

Isso é feito através do seu posicionamento.

O Marketing de conteúdo facilita a vida dos fotógrafos, pois faz você se aproximar do cliente.

Assim, quando ele deseja te contratar, ele já está quase decidido a te escolher.

Não é igual aquele marketing só de venda, que às vezes a gente não se sente muito confortável em fazer.

O Marketing de conteúdo está em alta e é uma estratégia muito forte. Por isso, aposte nele!

Nós temos um ebook só sobre isso. É só clicar aqui para baixar :)

10. Paciência, foco e determinação!

Por último, mas não menos importante: paciência, foco e determinação!

Domínio técnico é importante demais, mas é desenvolvido com o tempo e com a prática. 

Não é do dia pra noite que você vai crescer na fotografia, que você vai aparecer e que o cliente vai te encontrar.

Então, continua montando portfólio, fazendo coisa nova, entendendo o seu estilo, melhorando o seu atendimento e estudando sobre venda.

Curso: Fotografia como negócio

Como se tornar fotógrafo em 2021

Dentro do meu curso Fotografia como Negócio, eu falo muito sobre todos os tópicos que citei aqui, além de te passar as melhores estratégias para crescer na fotografia sem demorar tanto.

Mas olha, não esquece que é importante ter foco, determinação e que as coisas não acontecem do dia para a noite, viu?!

Lembra que você está construindo um negócio, uma empresa!

O Fotografia como Negócio vai te ajudar muito a começar com o pé direito na fotografia, já construindo algo sólido e com estratégia para ter resultados.

O curso também serve pra você que já começou a sua carreira. 

Eu tenho vários alunos que já estão há muitos anos na fotografia e entraram no FCN para mudar completamente a forma como lidavam com o seu negócio.

Clica aqui para saber mais sobre o curso e para entrar na lista de espera!

Esse conteúdo também está disponível no meu canal do YouTube:

Agora comenta aqui embaixo: você tem mais alguma dúvida sobre como se tornar fotógrafo ou sobre esse início na carreira? 

Eu quero responder tudo pra te ajudar ainda mais, beleza? ♥

Beijos, 

Isis.

Compartilhe

Deixe seu comentário

QUER CLIENTES TODOS OS MESES NA SUA FOTOGRAFIA?
INSCREVA-SE PARA RECEBER MINHA AJUDA: