Como editar fotos como um profissional?

Isis Castro está editando fotos em seu computador

Você pode ser iniciante, experiente ou apenas amar fotografia. Esse artigo vai te mostrar como editar fotos de forma cada vez mais harmônica, autêntica e como um profissional de sucesso, mesmo que você já seja um.

A importância de desenvolver o seu estilo na edição de fotos

Estilo em fotografia não tem nada a ver com bom gosto ou mau gosto. É algo que pode ser desenvolvido, inclusive estrategicamente, por você. 

O estilo é uma união de coisas que vão resultar no seu padrão de fotografia, pra que exista uma coesão entre todos os seus trabalhos. É o que vai te diferenciar dos outros fotógrafos.

Se você reparar bem, a minha edição é mais amarelinha, quentinha. Esse é o meu estilo e é o tipo de foto que eu quero vender. 

Você pode ter um estilo mais subexposto, com cores mais marcantes e outras menos. São muitas possibilidades e, por isso, alguns fotógrafos acabam misturando, perdendo um padrão de edição, ou migram de estilo com o tempo. 

É um processo criativo que você vai construindo aos poucos e com prática. Quanto mais definido for o seu estilo, mais vão aparecer clientes que combinam com o que você vende

Lightroom ou Photoshop? Qual o melhor programa para editar fotos?

O Lightroom e o Photoshop são as ferramentas mais utilizadas por fotógrafos de todo o mundo pra edição de fotos. 

O Lightroom é mais focado no fluxo de edição, pra quem trabalha com um volume maior de fotos e precisa ajustar mais luz e cor. 

Já o Photoshop é focado nos detalhes, com mais recursos de manipulação e tratamento de imagens.

Muitos fotógrafos usam os dois programas, que vêm até juntos em um dos pacotes de fotografia da Adobe

Eu edito 99% das minhas fotos no Lightroom, mas quando preciso de alguma alteração mais específica na foto, eu finalizo no Photoshop.

Por isso, é válido ter os dois programas instalados aí no seu computador. Se precisar escolher um só, vai com base no seu estilo de trabalho. 

12 passos para editar fotos como um profissional

Pro seu trabalho ficar mais profissional, você precisa saber como editar fotos muito bem. 

Porém, lembre-se de que a edição eficiente não acontece APENAS quando você senta no computador, mas bem antes do primeiro clique

1. Aprenda a trabalhar a luz

O primeiro passo já prova que o efeito que você quer conquistar na edição começa antes da foto. 

Quando você consegue uma boa luz, você evita a correção de exposição na edição, alcança muito mais rápido a intensidade e o contraste que quer. 

O toque especial está realmente no horário e local que você resolve fotografar e na forma que você posiciona o cliente ou o objeto, aproveitando a contraluz e a golden hour, por exemplo. 

Mas, como editar fotos com luz ruim

Erros acontecem, então aprenda a trabalhar os controles de iluminação, como realces, sombras, brancos e pretos; e selecionar pontos da imagem que precisam de correção na intensidade de luz (não vai fazer isso na foto inteira, pelo amor de Deus! hahaha).

2. Faça os enquadramentos corretos

Não tem jeito. Nada, nada vai deixar sua foto bonita o suficiente se você cortar a mão do cliente na hora do clique ou até mesmo na edição, tentando disfarçar qualquer imperfeição. 

Existem diversas técnicas de fotografia que exploram várias formas de enquadramento, pra você ter fotos bonitas e únicas. 

O erro acontece quando o fotógrafo não presta atenção nos detalhes e acaba cortando o cotovelo, as pernas ou as mãos do cliente, tanto na hora da foto quanto na hora de editar.

Então, ao fotografar, confere se está enquadrando tudo certinho. Na edição, cuidado com os cortes, que às vezes são necessários, mas não podem comprometer a qualidade da foto. 

Outra dica valiosa é observar na hora do clique se existe algum elemento que pode deixar a sua foto muito poluída, como por exemplo um tronco de árvore que esteja muito perto da cabeça da pessoa. Enxergar esses detalhes vai facilitar a sua edição!

3. Defina a temperatura da cor

Lembra o que falamos sobre estilo de edição? 

Algumas pessoas têm uma fotografia mais quentinha, outras fazem fotos com tons mais frios, já reparou? 

Além de definir sua temperatura de cor preferida, pro resultado ficar harmônico, você precisa saber chegar nesse tom.

Você consegue fazer isso ainda na câmera, com o Balanço de Branco (White Balance), que corrige a coloração ali na hora das fotos.  

Você vai precisar mexer nessa configuração a cada trabalho, porque a iluminação muda de acordo com o ambiente.

Deixar no automático vai te dar muito mais trabalho pra corrigir na edição. Mas, se você precisar mexer na temperatura da cor depois das fotos, também é possível. 

4. Aplique os ajustes básicos

Por incrível que pareça, muitos fotógrafos iniciantes não sabem como editar fotos do básico dentro do programa de edição. 

Isso acontece por falta de prática e treino. Muita gente deixa pra editar em cima da hora e acaba não sabendo fazer até os ajustes mais simples.

No Lightroom, por exemplo, dá pra mexer na exposição, na curva de tons, na temperatura, cor e em diversos outros pontos que melhoram a qualidade da foto. 

Pega algumas fotos que você ama e fica ali mexendo, entendendo pra que que serve cada coisa. 

Você só vai saber como editar fotos como um profissional se separar um tempo pra treinar sua técnica e sua criatividade.

5. Use a curva de tons

curva de tons do lightroom

A curva de tons é a base e o recurso mais importante da edição, é o que realmente deixa a foto do seu jeitinho: quente ou fria, com muito ou pouco contraste. 

Inclusive, é muito melhor trabalhar o contraste aqui na curva de tons do que no controle específico pra isso. 

Use e abuse dessa ferramenta pra treinar e saber como editar suas fotos de forma correta e profissional.

6. Faça a calibração das cores

No Lightroom tem vários comandos pra você controlar matiz, saturação e iluminação das cores primárias (vermelho, verde e azul), de acordo com a sua paleta e o seu estilo na edição. 

Depois de fazer isso, confere tudo antes de entregar, ein? No próximo passo você entende o porquê disso.

7. Use o HSL

HSL do lightroom

Quando você usa a calibração de cor, todos os pontos da foto que tiverem aquela cor, mesmo que você não esteja vendo, serão alterados. 

Com o HSL você consegue fazer isso de forma pontual, apenas nas cores que são vistas claramente na imagem.

O HSL faz MILAGRE! Ajuda muito na hora de mexer na saturação do céu, por exemplo, sem influenciar o tom de pele da pessoa que também está na foto. 

8. Aplique os efeitos

nitidez no lightroom

O Lightroom tem uma aba de efeitos que você pode usar pra deixar a foto do jeito que você gosta e dentro do seu estilo. 

Nesse ponto, a gente ajusta as vinhetas, a nitidez e o granulado, que dá aquela texturinha na foto, deixando ela mais próxima da imagem real.  

9. Domine as máscaras e os gradientes

Quer saber como editar fotos apenas no Lightroom sem precisar do Photoshop?

As máscaras vieram numa atualização recente do LR e, junto com os gradientes de cores, são capazes de mudar completamente uma imagem, quando usadas da forma correta, é claro. 

Elas agilizam a edição e possuem uma inteligência artificial de reconhecimento de pessoas, objetos e céu, recurso que antes só tinha de forma completa no PS. 

Mas treina muito antes de usar pra não fazer nada que você tenha dificuldade de reverter depois!

10. Aplique as correções de lente

Muito comum em fotos de arquitetura, essa ferramenta costuma ser esquecida por quem não trabalha nesse nicho, mas a correção de lente pode transformar a aparência da sua foto. 

Como o próprio nome diz, esse comando ajusta distorções que podem ser causadas pelas lentes da câmera, como paredes, ângulos e linhas que às vezes ficam arredondados na imagem.

11. Use filtros e predefinições

Chegou a hora de falar dos queridos Presets! Eu amo os meus e só libero eles no MOVE, minha Certificação de Fotografia.

Famosos nas redes sociais, os filtros e presets são tão amados porque podem deixar as fotos incríveis, com um efeito super diferente. 

Também é uma maneira simples de padronizar a edição, um problema comum de muitos fotógrafos.  

Na fotografia, diferente dos filtros do Instagram, mesmo após aplicar um preset, você ainda pode (e deve) fazer alguns ajustes na foto, pra valorizar ainda mais seu trabalho. 

A partir do momento que você definir o seu estilo de edição, você pode criar os seus próprios presets. Eu tenho um vídeo no meu canal do YouTube ensinando a fazer esse processo!

12. Seja autêntico

Você já percebeu que tudo que precisa seguir pra editar fotos como um profissional depende do seu olhar e da sua sensibilidade

Você pode até usar fórmulas prontas ou referências, mas com certeza elas não vão combinar ou com o tipo de foto, com o seu cliente ou com você. 

Então não tenha medo de ser autêntico e imprimir sua personalidade na edição. É isso que vai diferenciar sua fotografia de todas as outras e deixá-la mais profissional.

Como aprender tudo isso?

Editar fotos como um profissional de verdade não é pra amadores. A busca por uma edição perfeita e eficiente é o que faz muitos fotógrafos, inclusive os profissionais, entrarem na Certificação MOVE e transformarem sua fotografia por completo.

Ainda não sabe se a sua edição está boa o suficiente para agradar os seus clientes? Aqui no blog do Coisa de Fotógrafa você descobre como identificar os sinais de que você precisa melhorar sua edição de fotos.  

Compartilhe

Deixe seu comentário

QUER CLIENTES TODOS OS MESES NA SUA FOTOGRAFIA?
INSCREVA-SE PARA RECEBER MINHA AJUDA: