Coisa de Fotógrafa
isis castro fotografando um casal todo com roupa preta, em um fundo infinito preto. Como definir seu estilo fotográfico.

Como definir seu estilo fotográfico? Veja os 5 passos!

isis castro fotografando um casal todo com roupa preta, em um fundo infinito preto. Como definir seu estilo fotográfico.

Em uma época cheia de referências, ideias, acesso fácil a sites e redes sociais de fotógrafos do mundo inteiro, fica até difícil definir o que a gente realmente quer pro nosso trabalho, não é? De encontrar um estilo fotográfico que seja único.

É desafiador definir um estilo no meio de tanta informação.

Mas, para que seu olhar na fotografia comece a ser desenvolvido, você precisa identificar os seus gostos, analisar os seus resultados e entender para onde você quer ir com sua fotografia.

Existem milhares de tipos de fotografia, inúmeras edições, infinitas composições, mas é fato que nem tudo você vai achar bonito. Ou então pode acontecer de você curtir dois estilos completamente diferentes.

Justamente por estarmos no meio de tantas possibilidades que é importante construir uma base de identidade sua.

Assim, você vai conseguir filtrar o que aplicar na sua fotografia, inclusive na hora de buscar referências.

Buscar um estilo fotográfico é essencial tanto para quem está começando na fotografia quanto para profissionais experientes!

O que define um estilo fotográfico?

Olhe para a sua fotografia. 

O que você percebe em comum entre todas as suas fotos

Estilo fotográfico é esse conjunto de características presentes nas fotos que você faz

As cores, os tons, a luz predominante, os cenários e elementos que você mais usa nos ensaios e as sensações que você transmite a cada trabalho.

Se eu tiver que definir o meu estilo fotográfico, por exemplo, eu diria que hoje as minhas fotos têm uma direção leve, luz suave, uma edição em tons mais quentes e cores claras, como bege, branco e outras mais fortes que derivam do nude e vão até o verde.

Poses naturais, movimentos leves, sem poses clássicas, priorizando as expressões das pessoas, também são pontos marcantes do meu estilo. 

E eu sempre procuro fazer as sessões na casa das clientes ou em locais que elas têm uma história, para que ela seja contada por meio da minha fotografia. 

Percebe como essas características, juntas, formam um estilo fotográfico, que é único e diferente de qualquer outro?

Devo ter um estilo na fotografia?

Por que isso é tão importante, Isis? 

Comece a reparar… pessoas leigas na fotografia também percebem as peculiaridades de um estilo fotográfico. 

Mesmo que intuitivamente, sem saber exatamente o porquê, elas gostam do que veem. Às vezes a identificação é tanta que tem gente que bate o olho e diz: é isso que eu quero! 

E é assim que as pessoas se tornam clientes. Quanto mais definido for o seu estilo fotográfico, mais pessoas que se identificam com o que você faz vão aparecer. 

Ter uma linha a ser seguida na sua fotografia aumenta a percepção de valor do seu produto e você se torna um profissional dos sonhos aos olhos dos seus clientes. 

São aqueles que te reconhecem e te escolhem pelo seu estilo, não pelo preço que você cobra ou pelo desconto que você dá.

Como definir meu estilo fotográfico?

A construção de um estilo fotográfico é algo profundamente pessoal. Não é algo que alguém vai dizer e você vai simplesmente seguir. 

Algumas pessoas já têm em mente o tipo de trabalho que querem seguir, outras vão ficar mais confusas nessa busca. Tudo isso é normal no processo de desenvolvimento de um estilo e pode ser que você demore mesmo a encontrá-lo.

Além de levar tempo, um estilo fotográfico vai sofrendo mudanças ao longo do tempo. Não é algo definitivo. 

Não se desespere se depois de um tempo você não se identificar mais com seu estilo, e ter vontade de mudar de novo, mesmo fazendo do mesmo jeito há meses ou anos. 

Você vai amadurecer, viver coisas diferentes, sua visão de mundo vai evoluindo e o impacto de tudo isso é inevitável. O segredo é ir se aperfeiçoando sempre! Porque novidades sempre vão surgir e pode ser que você goste. Ou não. E tá tudo bem!

Se você ainda está confuso no que pode fazer para encontrar seu estilo, não precisa ficar ansioso, pois existe todo um caminho para isso

É o caminho que eu e os meus alunos sempre seguimos quando queremos “recalcular a rota” e mudar algo na nossa fotografia.

1. Busque referências

isis castro com um notebook no colo e a câmera ao lado

Vamos começar pela parte mais legal? Qual fotógrafo não tem aquelas pastas de inspiração? Eu amo! 

A pesquisa vai te ajudar a ter mais clareza sobre o caminho a seguir. Mas essa busca por referências deve ser inteligente quando você já tem um estilo definido ou está em busca de um.

Se você ainda não faz ideia de como começar, se faça algumas perguntas:

  • Que tipo de trabalho você gosta e quer fazer? 
  • Qual vai ser sua área de atuação principal? 
  • Quais trabalhos você não quer fazer? O que você não gosta? 

Não precisa saber as respostas imediatamente. Elas vêm aos poucos, durante esse processo e em testes que você vai fazendo. 

Mas são perguntas importantes e que você deve responder se não quiser ser para sempre aquele fotógrafo de “qualquer coisa”

2. Defina seu tipo de trabalho

  • No que você poderia se tornar especialista?

Por mais que você goste de tudo ou precise fazer de tudo, para você realmente ter sucesso e realização, precisa ter um foco e definir um nicho de atuação. 

Definir um nicho não significa que você vai fazer apenas um tipo de trabalho na fotografia para sempre.

O nicho de família, por exemplo, engloba ensaios de bebês, gestantes, famílias, eventos infantis, batizados… todos esses tipos de sessão conversam entre si e te dão um leque de opções de trabalho.

  • Onde você mais quer ter volume na sua agenda?

Eventos, casamento, moda, produtos, corporativo ou um pouco de cada coisa? Qual tipo de fotografia prevalece hoje no seu trabalho e qual você gostaria que se destacasse mais?

Tudo bem trabalhar com qualquer coisa. O problema é depender sempre do que aparece e não construir sua marca no nicho principal escolhido. Você vai precisar encontrar o que é mais marcante no seu trabalho se quiser ser lembrado, reconhecido e valorizado pelo público.

7 tipos de ensaios fotográficos mais procurados

3. Escolha sua paleta de cores

Se você já tem uma paleta de cores, provavelmente já percebeu. As cores têm o poder de transmitir emoções e se comunicam diretamente com o seu público-alvo, às vezes à primeira vista. 

Por isso, não cuidar dessa parte pode prejudicar a definição do seu estilo fotográfico. O que facilita esse processo é você buscar classificar o seu trabalho com base nas características dele. 

Como é aquela foto que você se orgulha de ter feito e editado? Ela é mais colorida, neutra, clara, escura, quente ou fria? Quais são as cores que predominam ali? Quais você mais gosta na sua fotografia e quais são as que as pessoas mais elogiam? 

É nessa verdadeira investigação que você vai conseguir encontrar uma paleta que você goste e que te identifique perante os clientes.

É um desafio, mas é o que vai te ajudar a atrair pessoas que gostam das mesmas coisas que você e, consequentemente, fazer você vender mais. 

Desenvolvendo um estilo único de fotografia, você acelera sua edição, evita dor de cabeça com clientes pedindo mudanças na foto e se diferencia de quem tá fazendo um pouco de tudo, perdido numa infinidade de estilos. 

O objetivo é fazer as pessoas lembrarem ou reconhecerem quando virem as suas fotos, e sempre pensarem em você como uma referência na fotografia.

4. Saiba ouvir críticas

Tão importante quanto ouvir elogios, é saber ouvir as críticas. Às vezes aquele cliente sincero que você odeia e vive criticando as fotos que você entrega é o que mais vai te ajudar a crescer, por mais duro que seja. 

Tente não levar para o emocional e filtre o que você pode extrair de bom daquela crítica. Geralmente tem um lado bom. 

Por isso, se arrisque e teste novas possibilidades sempre.

5. Treine bastante e não tenha medo

Não espere encontrar o seu estilo fotográfico para investir no seu trabalho. É na prática que você vai saber realmente o que gosta de fazer. Quando perceber, seu estilo estará aí na sua frente. 

Quando eu comecei na fotografia, queria trabalhar com moda, mas só quando eu fui adquirindo experiência que percebi que não gostava nada desse nicho e me apaixonei pelos ensaios de família, fotografando crianças, gestantes… 🤍

Então, não espere o próximo cliente para testar aquela ideia que você teve. Faça ensaios de portfólio.

Aqueles que você faria até de graça, sabe? Aproveita para treinar e testar novos estilos que talvez você não consiga colocar em prática com os tipos de trabalho que você faz hoje.

Fotografia vai muito além da técnica. É preciso saber exercitar sua criatividade, colocar sua visão de mundo, ter uma direção consciente, que transmita a essência dos clientes, e uma edição eficiente, que revele o seu estilo e não te deixe sentado no computador a noite inteira. 

Se você quiser ter acompanhamento nesse processo de escolha de nicho, identidade e estilo fotográfico, o MOVE vai te ajudar. Clique aqui para conhecer a Certificação que vai transformar o seu trabalho e encurtar o caminho rumo à fotografia dos seus sonhos.

Confira agora os 6 passos para criar o seu portfólio de fotografia!

Isis Castro

Isis Castro

Fotógrafa lifestyle de famílias e criadora do Coisa de Fotógrafa. Minha missão agora é compartilhar todos o conhecimento que adquiri e o que eu gostaria de te aprendido lá no início, incluindo erros e aprendizados.

Você também pode gostar

Eu já tive o meu começo na fotografia e eu sei o quanto é horrível a insegurança e o medo de errar o tempo inteiro. Se você é novo por aqui no blog, eu sou...

Se o seu objetivo é ser um fotógrafo profissional bem-sucedido e realizado, além da prática, é importante você saber o básico para trabalhar e VIVER de fotografia. Equipamentos, técnica, direção, edição, vendas, marketing, atendimento… Tudo...

A fotografia pet é uma forma muito especial de guardar momentos adoráveis e expressivos dos bichinhos de estimação. Se você é amante de animais e também de fotografia, o nicho de fotografia pet pode ser...

Quer fazer o download gratuito de materiais e ebooks para fotógrafos? Você está no lugar certo! Para você que ainda não me conhece, meu nome é Isis Castro. Sou fotógrafa lifestyle de famílias e festas...

Quer viver de fotografia?

Receba estratégias e segredos de bastidores direto no seu e-mail

Ao usar seu e-mail para receber nossa newsletter você declara que concorda com nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.
Nossa newsletter